terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Linda Noite

Mais de duzentas pessoas prestigiaram a noite de encerramento do Projeto Teatro para Todos.
 Os grupos Miniatores, Amadores do Palco e Dá Pena...de não Ver! encantaram a platéia com suas peças totalmente criada por cada um dos grupos.
No final das apresentações os 37 "guerreiros" que permaneceram até o final das aulas receberam seus certificados.
E ano que vem tem mais!
Até lá!
Miniatores - "Deu a louca no reino da imaginação"

Amadores do Palco - "Família é tudo igual"
Dá Pena...De não Ver! - "Lembranças de nossas vidas"


Alunos do Projeto Teatro para Todos 2012

domingo, 9 de dezembro de 2012

Mostra do Projeto Teatro para Todos


              Será realizada no dia 10 de dezembro às 20h a Mostra do Projeto Teatro para Todos. Nesta noite irão se apresentar três Grupos que fazem parte do Projeto: Miniatores que tem faixa etária dos 6 aos 10 anos; Amadores do Palco com faixa etária dos 11 aos 14 anos; Dá Pena... De Não Ver! com faixa etária acima de 17 anos.
            As peças apresentadas nesta noite foram criadas pelos próprios alunos através de exercícios de imaginação e improvisações.
               O Grupo Miniatores apresentará “Deu a Louca no Reino da Imaginação” construída a partir dos contos de fada. Nesta história, Cinderela está cansada de ser a “gata borralheira”, assim contando com a ajuda de sua fada madrinha, faz uma viagem inusitada às outras histórias dos contos de fadas, em busca do grande baile e de um novo amor.
O Grupo Amadores do Palco apresentará “Família é tudo igual” que foi criada a partir de improvisações sobre a música “Família” da Banda Titãs. Nela conheceremos duas famílias, uma caipira e outra da alta sociedade, que são aparentemente diferentes, mas no fundo tem as mesmas confusões e conflitos que qualquer família, além do amor que os une.
            Já o Grupo Dá Pena ...De Não Ver! irá apresentar “Lembranças de nossas vidas” criada a partir de troca de experiências da vida de cada um dos integrantes do grupo. Um casal de idosos encontra enterrado em seu quintal um baú cheio de recordações sobre as suas vidas e de seus conhecidos. Experiências que são revividas, mostrando que a vida vale a pena ser vivida apesar de tudo.
            O Projeto Teatro para Todos iniciou no ano de 2011, com uma parceria entre a Secretaria da Educação e a Secretaria de Arte e Cultura de Esteio. Nele uma profissional de Artes Cênicas, no caso a professora Michele Darolt, foi cedida pela SMEE para trabalhar com oficinas de teatro gratuitas para todas as idades. Além de criar o gosto pela arte de atuar o projeto incentiva a criação de uma plateia para a arte teatral. Além dos três grupos citados o projeto atende o Grupo Municipal de Teatro Bah! que leva o nome do nosso município a várias cidades através de Festivais.
Quem tiver interesse em participar do Projeto, em março de cada ano são abertas novas vagas, cada turma tem 20 vagas, que depois de preenchidas os interessados entram na fila de espera. Neste ano a lista ultrapassou os 100 interessados. Mais informações com a Professora Michele Darolt: 3473 0414 ou 91818221.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Reflexões sobre a Mostra PIIS

As Mostras são sempre surpreendentes. Cada ano que passa, cada grupo que apresenta, mostra que nossos queridos alunos/atores evoluem muito de uma para outra.
O clima de ajuda mútua é muito bonito, é um grupo maquiando o outro, é uma pessoa emprestando a camiseta para outro, e assim vamos nos harmonizando para o grande momento: pisar no palco e enfrentar a platéia.
O primeiro grupo a se apresentar foi o do CMECIS Pedreira com a peça "Escola de Princesas". As meninas desde que chegaram foram paparicadas pelos outros grupos, pois realmente vestiram o personagem e estavam umas princesas. Nenhuma delas tinha tido aquela experiência anteriormente e arrancaram risos, lágrimas e muitos aplausos da platéia. 
Depois veio o Grupo NOX com a corajosa peça "Como eu queria...mas não posso!". Corajosa, pois foi totalmente criada por eles a partir do estudo dos 10 direitos da criança; corajosa, pois era densa e dramática, corajosa, pois tiveram que expôr suas vivências ali no palco. Conseguiram atingir seu objetivo: a platéia deve estar refletindo até agora sobre os casos de violação de direitos apresentados. 
Por último veio o Grupo Lumus com "A Busca" texto extraído do livro "A Canção dos Direitos da Criança", texto de Elifas Andreato com músicas de Toquinho. Acho que a palavra certa para o Grupo Lumus é Encantamento, pois a platéia embarcou na história do aviador que busca seu tesouro perdido. A superação, a vontade e a união foram sem dúvida encantadoras.
Ver o crescimento dos educandos de um ano para o outro é impressionante. Lembro do ano passado que o Grupo Lumus maquiava o Grupo NOX, e vejo este ano o Grupo NOX se maquiando e maquiando o Grupo do CMECIS Pedreira. É um orgulho.
Sei que esta experiência de pisar no palco é muito maior do que o ato em si, pois reflete no cotidiano dos educandos, reflete em suas vidas, na maneira como percebem o mundo e interagem nele. Pessoas que eram extremamente introvertidas, hoje se expressam e ajudam os outro a se expressarem. Por isso, digo e repito, esse trabalho... não tem preço, a satisfação em perceber o crescimento dos educandos... não tem preço, e ver o brilho de seus olhos recebendo as palmas da platéia emocionada.... não tem preço!
Grupo CMECIS Pedreira

Grupo NOX

Grupo Lumus

Educandos das Oficinas de Teatro 2012 do PIIS

domingo, 25 de novembro de 2012

7ª Mostra de Teatro do PIIS

No dia 29 de novembro acontecerá no auditório da Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya, a 7ª Mostra de Teatro do PIIS, a segunda deste ano. Com a participação das três turmas da Oficina de Teatro. 
A Mostra  vêm crescendo ano a ano, reflexo do trabalho desenvolvido desde 2009. Iniciamos com o núcleo Casa de Cultura e hoje temos uma turma no Terrítório de Paz e outra no bairro Pedreira.
O evento inicia às 19h com a apresentação "Escola de Princesas" do Grupo de Teatro do CMECIS Pedreira, a história foi criada a partir de improvisações sobre os contos de fadas.
Em seguida, teremos o Grupo NOX do Território de Paz com "Como eu queria...mas não tenho", criada a partir de improvisações sobre os dez direitos da criança. O grupo que foi criado em 2010 vem mostrando muita vontade e determinação em criar peças que façam a platéia refletir, neste mesmo ano apresentaram "Qual o seu lado?" que falava sobre o lixo e a responsabilidade de cada um quanto ao lixo que produz.
Para fechar a noite, teremos o Grupo Lumus da Casa de Cultura, que apresentará "A Busca" que é um texto extraído do Livro "A Canção dos Direitos da Criança" de Elifas Andreato com músicas de Toquinho. O grupo Lumus que foi criado em 2009 é com certeza o que mais divulga o Teatro do PIIS, seja pela performance Cirandeiros ou por suas criações coletivas como por exemplo, a esquete "Escolhas" que ganhou o Prêmio do Juri Popular no I Festival de Esquetes de Esteio em 2011 e ganhador do Prêmio de Melhor Texto Inédito no 21º Festival Estadual de Esquetes de Novo Hamburgo, neste ano. O Grupo vem apresentando um ótimo crescimento, os educandos levam a sério as propostas são estimulados a adquirir o gosto pela arte teatral, além de se sentirem motivados a seguir a carreira. Um exemplo disso é que o Grupo Municipal de Teatro Bah! da nossa cidade tem em seu elenco formado por 90% de ex-integrantes do Grupo Lumus.
Venha conferir o nosso trabalho!
7ª Mostra de Teatro PIIS
Onde: Casa de Cultura
Horário: 19h
Entrada Gratuita

Programação:


 - GRUPO CMECIS PEDREIRA
“Escola de Princesas”(Criação coletiva sobre contos de fada)
SINOPSE: Chapeuzinho Vermelho é discriminada na escola por não ser uma princesa. Cansada de tanta humilhação ela tem uma ideia para mostrar o quanto é triste ser deixada de lado por causa das aparências.
ELENCO (em ordem de entrada):
Kamily Fernandes – Branca de Neve
Karolaine Fernandes – Rapunzel
Tailane dos Santos – Cinderela
Brenda Oliveira – Chapeuzinho Vermelho




- GRUPO NOX – TERRITÓRIO DE PAZ
“Como eu queria...mas não tenho!” (Criação coletiva a partir de improvisações sobre os Dez Direitos da Criança e do Adolescente)
SINOPSE: Conheça várias histórias de crianças que cresceram querendo apenas que respeitassem seus direitos. Afinal, o que as crianças querem? Um brinquedo novo? Respeito? Amor? Compreensão? Um lar? Uma família? Ou todas as alternativas anteriores?

ELENCO (em ordem alfabética)

Alisson  de Melo
Bianca de Carvalho
Caroline Oliveira
Dienifer Padilha
Dienifer Machado
Julia Padilha
Kamila dos Santos
Ketlen Carolino
Kimberly Pereira
Luisabella Buttinger
Shirlei Angoneze
Sibely Ferreira



- GRUPO LUMUS – CASA DE CULTURA

 “A Busca” (Extraído do Livro: A Canção dos Direitos da Criança)

SINOPSE:
O aviador Avoar Passos Dias procura um tesouro que perdeu há muito tempo, para ajudá-lo conta com a sua imaginação, ou seja, personagens que marcaram a sua infância. Durante a sua busca conhece outros personagens que fizeram parte de sua realidade e transformaram a sua vida profundamente. Mas qual será esse tesouro misterioso?

ELENCO:

Victória  Vianna – Avoar Passos Dias
Juliana Silveira – Gargalhada
Júlia Ferreira – Tilin
Nicole Textor – Cordélia
Matheus Floriani – Charlito
Alessandra Steffen – Rei do Nada
Júlia Rodrigues – Bailarina/Soluço
Luana Froehlich – Eu-de-Mim
Alice  Clasen – Doutor Fortuna
Válter Pires – Ecoluco
Eduardo Manzello – Agente especial
Anne Eduarda Miller Hörlle – Bailarina
Liliam Paim - Bailarina
Luana Correa Silva – Bailarina
Micaela Correia Silva – Bailarina
Monalisa Orlandi Vargas – Bailarina
Angélica Berté – Iluminação

* Direção Geral: Michele Darolt

domingo, 9 de setembro de 2012

"Edifício Chateau Margaux"... curiosidades

Era uma vez um grupo que precisava de uma esquete para participar de um festival...foi assim que nasceu "Edifício Chateau Margaux" do Grupo Municipal de Teatro Bah! de Esteio.
Foi um processo criativo bastante gratificante...tínhamos doze atores que foram sorteados e divididos em duplas... eu trouxe a ideia de trabalharmos com crônicas, li uma do Carlos Drummond de Andrade intitulada "A utilidade dos animais" ...o grupo gostou da ideia de crônicas e assim fomos trazendo ideias...Luís Fernando Veríssimo foi o autor mais utilizado, dele é a crônica "O Quinto" que introduz o espetáculo, a partir dela inserimos "Os diferentes estilos" de Paulo Mendes Campos que fala sobre um assassinato de um homem de 40 anos contado com estilos diferentes, e assim o espetáculo foi "costurado".
Escolhemos também "O telefone" de Rubem Braga, texto considerado difícil, mas conseguimos dar vida ao homem indignado por seu telefone não funcionar. Com a escolha desta crônica, tivemos que criar um trio...e assim inserimos o texto "Rosamaria" de Luís Fernando Veríssimo.
Depois veio "Almas Gêmeas" de um casal de hipocondríacos, o "Lixo" que é sobre um casal que se apaixona a partir do lixo um do outro (esta cena não faz mais parte do espetáculo), e da inesquecível cena "Casal é tudo igual" que mostra a conversa de um casal por telefone,estes últimos, textos de L.F.Veríssimo, além de "Banho de Sol" que fala dos artifícios que uma mulher usa para que passem "óleo" em suas costas.
E assim nasceu a "esquete" Edifício Chateau Margaux que tinha 8 cenas, e as transições que eram embaladas por "Wouldn´t be nice" dos Beach Boys. 
Participaram da estréia no XX Festival de Esquetes de Novo Hamburgo os atores: Claudia Carvalho, Dener Augusto Machado, Djenet Rodrigues,  Fanael Gonzalves, Fernanda Cherutti, Gabriel Botelho, Hariagi Borba, Matheus Terres, Pedro Andrade, Rodrigo Dellazari, Samanta Della Passe e Tainá Ferro; a sonoplastia foi feita por Julia Ferreira e a iluminação e direção por Michele Darolt. Foi o primeiro trabalho e a primeira participação em festival com esta nova composição do Grupo Bah! o que rendeu o Prêmio Especial do Juri em "Pesquisa Dramatúrgica", além de cinco indicações: Melhor atriz para Claudia Carvalho, Melhor ator para Fanael Gonzalves, Melhor direção para Michele Darolt, melhor roteiro adaptado e melhor espetáculo.
Depois disso, três integrantes saíram por causa de compromissos com os estudos (Hariagi, Pedro e Rodrigo), assim Julia Ferreira passou a atuar no espetáculo e então foi selecionado o texto "Casa na Serra" de L. F. Veríssimo, além de reorganizar o elenco, e para sonoplastia foi convidado Maurício Baladão. Pretendíamos participar do Festival de Dom Pedrito, por isso tivemos que "alongar" o espetáculo para 40 minutos, assim foi inserida a cena do "Apagão" que tem o trecho de um texto de Moacyr Scliar. 
Entramos em temporada, foram 8 apresentações na Casa de Cultura de Esteio, com diversidade de público, mas sempre sendo elogiados, por ser um espetáculo engraçado e inteligente. 
Nos apresentamos também no IF-Sul campus Sapucaia e fomos o espetáculo convidado para encerrar o I Festival de Esquetes de Esteio. 
Para encerrar o ano de 2011 voltamos ao formato esquete e participamos do Festival de São Leopoldo onde ficamos em 4º lugar (dos 14 grupos) e fomos indicados nas categorias: Melhor iluminação - Michele Darolt, Melhor ator Coadjuvante - Dener Augusto Machado, e Melhor Espetáculo, além de ficar em 3º lugar no Juri Popular.
Em 2012, apesar de ter um novo trabalho resolvemos participar de três festivais com o nosso "Chateau", com algumas reformulações: depois da saída de Fernanda Cherutti subtraímos a cena do "Lixo", e com a saída de Maurício Baladão, convidamos Lucas Fofonka, assim criamos novas transições com novas músicas.
No 13º Festival Internacional Rosário em Cena - Rosário do Sul, tivemos duas indicações: Melhor ator coadjuvante para Gabriel Botelho, e Melhor atriz coadjuvante para Tainá Ferro.
No 7º FESTCARBO - Arroio dos Ratos, fomos indicados em 7 categorias: Melhor Trilha Sonora - Lucas Fofonka, Melhor ator - Gabriel Botelho, Melhor atriz - Tainá Ferro, Melhor ator coadjuvante - Fanael Gonzalves, Melhor direção - Michele Darolt, Melhor Cenário,  e Melhor Espetáculo.
Já no Festival de Gravataí não tivemos indicações.
O elenco atual do espetáculo é constituído por: Claudia Carvalho, Djenet Rodrigues, Fanael Gonzalves, Gabriel Botelho, Julia Ferreira, Matheus Terres, Ricardo Eiles, Samanta Della Passe e Tainá Ferro.
Na sonoplastia temos Lucas Fofonka, na luz e direção temos Michele Darolt e na produção Rodrigo Eiles.


sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Grupo Bah! 7 indicações no 7º FESTCARBO


Na trave!
"Edifício Chateau Margaux" do Grupo Bah! indicado em 7 categorias no 7º FESTCARBO:
Melhor ator - Gabriel Botelho
Melhor atriz - Tainá Ferro
Melhor ator coadjuvante - Fanael Gonzalves
Melhor trilha sonora - Luucas Fofonka 
Melhor cenário
Melhor direção - Michele Darolt
Melhor Espetáculo
Parabéns ao Grupo Bah! os elogios recebidos e estas indicações só mostram que estamos progredindo! E Gravataí que nos aguarde!!!


quarta-feira, 15 de agosto de 2012





Grupo de Teatro Bah! Participará do FESTCARBO 2012
*Festival Estadual de Teatro Amador da Região Carbonífera* 
com o Espetáculo:
"Edifício Chateau Margaux"



A apresentação acontecerá dia 16/08/2012
(confira a programação do evento no link abaixo):





sábado, 21 de julho de 2012

Mostra de Teatro do PIIS 2012/01

Os educandos das Oficinas de Teatro do Programa Integrado de Inclusão Social tiveram a oportunidade de mostrar seus talentos na noite do dia 19/07.
O início do evento contou a trajetória da Oficina de Teatro do PIIS, através de fotos.
Tudo começou com o núcleo Casa de Cultura em 2009, assim nascia o Grupo Lumus. A I Mostra de Teatro do PIIS teve como atração a peça "O Arlequim de Carnaval" em novembro de 2009.
No ano seguinte a oficina contava com dois núcleos, deu continuidade ao trabalho com o Lumus e foi inserido um novo núcleo: na Escola CAIC no Território de Paz. Assim nascia o Grupo NOX. A II Mostra de Teatro do PIIS aconteceu em agosto de 2010 e teve a apresentação de "No Caminho" uma peça que tratava sobre o tema das drogas, contava com atores dos dois grupos. Em dezembro do mesmo ano tivemos a III Mostra de Teatro do PIIS com a peça "Sonho de uma Noite de Verão" de William Shakespeare, encenada pelo Grupo Lumus.
Em 2011, continuamos com os núcleos Casa de Cultura e Território de Paz (este agora no Centro de Convivência) e abrimos uma turma na CECI Pedreira. Sendo assim, a IV Mostra de Teatro do PIIS que aconteceu em agosto, teve a participação dos três grupos: O Grupo Ceci Pedreira apresentou um espetáculo de teatro de bonecos que foram confeccionados na oficina e se chamava "O Segredo". O Grupo NOX apresentou "O Livro Mágico" e o Grupo Lumus apresentou "Escolhas". Em novembro deste mesmo ano aconteceu a V Mostra de Teatro do PIIS que tinha como foco as obras de Maria Clara Machado. O Grupo CECI Pedreira apresentou "São Jorge e o Dragão", o Grupo NOX apresentou "O Chapeuzinho Vermelho" e o Grupo Lumus mostrou "Menina Maria" uma adaptação das peças "O Rapto das Cebolinhas" e "Pluft, o fantasminha"
Nesta primeira mostra de 2012, se apresentaram os grupos Lumus e NOX com trabalhos que eles mesmos criaram. 
O Grupo Lumus que remontou "Escolhas" para participar do Festival de Esquetes de Novo Hamburgo, aproveitou a  oportunidade para apresentar esta mesma esquete para os pais, amigos e familiares. O Grupo NOX apresentou "Qual o seu lado?" uma esquete que trata sobre o lixo e a responsabilidade de cada um. E para encerrar a noite o Grupo Lumus voltou ao palco dividido em três grupos para mostrar o resultado das cenas livres que criaram.
É gratificante ver o brilho nos olhos dos participantes depois de cada apresentação. A sensação de dever cumprido, a possibilidade de criar e apresentar suas criações. Com certeza a Oficina de Teatro está propiciando uma oportunidade única na vida dos seus educandos, ajudando com que se conheçam e se reconheçam cidadãos capazes transformar suas próprias realidades.
Confira abaixo a programação da Mostra e algumas fotos:


Mostra de Teatro do Programa Integrado 2012/01
“Escolhas” - Grupo Lumus – Casa de Cultura
SINOPSE: A vida é feita de escolhas. Acompanhe a história de duas mulheres que tem suas vidas
marcadas por escolhas que fizeram em suas adolescências. Dois mundos, duas vidas, duas
consciências que tem o mesmo objetivo: alcançar a felicidade.
FICHA TÉCNICA:
Claudia Carvalho -Coro
Micaela Correia - Coro
Victória Vianna - Coro
Julia Rodrigues - Coro
Julia Ferreira - Alice
Luana Corrêa - Bárbara
Lucas Breitenbach - Fernando
Anne Horlle - Bianca
Nicole Textor - Carol
Valter Pires - Clóvis
Thailor Cezar - Pai de Alice
Angélica Berté - Mãe de Alice
Alice Clasen - Bárbara criança
Henrique Froehlich - Pai de Bárbara
Luana Froehlich –  Flávia
Matheus Floriani - Beto
Juliana Silveira – Mãe de Flávia
* Sonoplastia – Monalisa Vargas
* Direção /Iluminação – Michele Darolt

“Qual o seu lado?” – Grupo NOX – Território de Paz
SINOPSE: Em um reino existem os "sujos" e os "limpos" que vivem brigando por causa da sujeira de uns e da mania de limpeza de outros, até que um dia a rainha decide separar: de um lado os "limpos" e de outros os "sujos". E agora? Será que o problema será resolvido?
FICHA TÉCNICA:
Marcos Felipe - Alisson Mello
Cleidegina: - Gabrielly Eliseu
Rainha - Julia Padilha
Guarda - Shirlei Angoneze
Letícia Holmes – Olívia da Silva
Limpos: Caroline Oliveira, Dienifer Padilha, Kamila de Souza, Kamila dos Santos, Karoline de Souza.
Sujos: Bianca Carvalho, Dienifer Machado, Kauany Pacheco, Ketlen Carolino, Ketlyn de Oliveira, Sibely Ferreira.
Bactérias: Kimberly Pereira e Luisabella Buttinger
* Direção/Sonoplastia: Michele Darolt

“Criações Coletivas” – Grupo Lumus – Exercício de criação de cenas com tema livre:
- “O Apocalipse” – Alice Clasen, Julia Rodrigues, Juliana Silveira, Luana Corrêa, Micaela Correia, Thailor Cezar.
- “A Parábola do Contemplativo” – Anne Hörlle, Claudia Carvalho, Luana Fröehlich, Lucas Breintenbach, Monalisa Vargas, Thailor Cezar e Válter Pires.
- “Putz! Eu sabia que isso ia acontecer!” – Angélica Berté, Henrique Fröehlich,  Julia Ferreira, Matheus Floriani, Nicole Textor, Victória Vianna.

Grupo NOX
Grupo Lumus
Educandos da Oficina de Teatro do PIIS


quarta-feira, 18 de julho de 2012

Mostra de Teatro do PIIS

Dia 19/07 às 19h tem Mostra de Teatro do PIIS com os Grupos Lumus e NOX! Será no auditório da Casa de Cultura de Esteio.
E o melhor: É di grátis!!!
Venha conferir!!!


Parabéns Grupo Bah!!!

Parabéns Grupo Bah! pela ótima apresentação no 
13º Festival Internacional de Teatro "Rosário em Cena"!


…E parabéns para Gabriel Botelho e Tainá Ferro 
pelas Indicações de “Melhor Ator Coadjuvante” e “Melhor Atriz Coadjuvante”  



(Apresentação ocorreu no dia 04 de Julho/2012)

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Grupo Bah! participa do 13º Rosário em Cena



Foi maravilhoso participar do 13º Rosário em Cena. Evento de excelente qualidade e organização. Todos muito receptíveis e dispostos a ajudar! 
Agradecemos ao secretário de cultura Luiz Fernando do Amaral pelo esforço em conseguir o nosso trasporte para Rosário do Sul.
Parabéns Paulo Evandro Costa por construir este espaço de trocas, estudo e crescimento, e também por movimentar a cidade.
Parabéns ao Grupo Bah! por mais uma apresentação de "Edifício Chateau Margaux" que está cada vez melhor e sabemos que vai melhorar cada vez mais.
Obrigada também aos jurados pelas análises do espetáculo, com certeza vão acrescentar muito ao nosso trabalho.
E é isso! Mais uma vez mostramos que Esteio tem teatro sim... e que está evoluindo cada vez mais!





Teatro João Pessoa


Grupo Bah! em Rosário do Sul


"Edifício Chateau Margaux"

sexta-feira, 29 de junho de 2012

I Mostra de Teatro do Território de Paz


Nos dias 29 e 30 de junho o Centro de Convivência do Território de Paz foi o palco de grupos de Teatro da nossa cidade.
O objetivo da Mostra foi descentralizar o acesso ao teatro e proporcionar aos grupos se apresentarem em um espaço não convencional.
Na tarde de sexta, dois grupos se apresentaram: o Grupo NOX do Programa Integrado de Inclusão Social com "Qual o seu lado?" que aborda os problemas do lixo e da Oficina de Atividade Circense do Projeto Mais Educação do CMEB Maria Lygia.
Na platéia havia o pessoal do Protejo, da Escola CAIC, pais, familiares e pessoas da Comunidade.
Já no sábado o público pode prestigiar o Grupo Dá Pena...de não Ver! com a esquete "Tramas do Destino" uma novela estilo  mexicana cheia de surpresas e mistérios. E para fechar a Mostra tivemos o Grupo Bah! com a esquete vencedora do I Festival de Esquetes de Esteio: "A História ainda mais curta do ainda mais jovem Píramo e de sua inda mais amada Tisbe" cena extraída do quinto ato da peça "Sonho de uma noite de verão" de William Shakespeare.
É o teatro ocupando cada vez mais os espaços da cidade.
Grupo NOX do Programa Integrado de Inclusão Social
Oficina de Atividade Circense do Mais Educação do CMEB Maria Lygia
Grupo Dá Pena...de não ver!
Grupo Bah!

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Noite do Mistério

No dia 25 de junho aconteceu no auditório da Casa de Cultura a Noite do Mistério, uma oportunidade para os alunos das oficinas do Projeto Teatro para Todos experimentarem se apresentar para uma platéia. Os grupos participantes foram: "Miniatores " que tem integrantes com idades dos 6 aos 10 anos; "Amadores do Palco" com integrantes de 11 à 13 anos, e "Dá pena...de não ver" que tem integrantes a partir dos 17 anos e que apresentou a esquete "Tramas do Destino" indicada a prêmios em várias categorias no 21º Festival de Esquetes Teatrais de Novo Hamburgo.
Durante as últimas aulas os alunos foram divididos em pequenos grupos e cada grupo deveria criar uma cena que envolvesse algum mistério...e assim nasceram as cenas apresentadas nesta noite. 
Alguns integrantes do Grupo Lumus do Programa Integrado de Inclusão Social ajudaram na organização do evento, recepcionando o público, ajudando a organizar os grupos, abrindo e fechando as cortinas e apresentando o evento.
Todos os grupos tem a direção de Michele Darolt, idealizadora do projeto.
Confira a Programação:


Noite do Mistério –
Projeto Teatro para Todos

A Noite do Mistério tem como objetivo proporcionar aos participantes mostrar suas criações feitas durante as aulas de teatro. Utilizando-se de poucos recursos como cenários e figurinos, a proposta é mostrar a criatividade e experimentar atuar no palco. 
Grupo miniatores
1- O Mistério do Museu
Alexia Karcheski , Estevan Silveira, Eduardo Botelho, Laura Brigoni, Maria Eduarda dos Passos , Sharon Santos.
2 – O Zoológico encantado
Aline Clasen, Camily Francez, Kallyoppe Buttenbender, Maria Eduarda Bettin, Maria Julia Nicolini, Maria Luiza Gonçalves, Vinícius Freire.
3 – A Casa do Deserto
Alan Dallavalle, Giovana Shonardie, Julia Godinho, Julia Horlle, Nathalie dos Santos.

Grupo amadores do palco
1- A Flor Venenosa
Alexia Cordova, Carolina Martins, Bruno Fernandes, Julia Silva, Larissa Rodrigues.
2 – A Visita da Tia
Bruna dos Santos, Louise Brigoni, Maria Luisa Vargas, Matheus Merino, Nicole Ramos.
3 – Velório no Hospital
Alexia da Rosa, Eduarda de Araújo, Erika Saraiva, Patrick Marques
4 – O Seqüestro da Baby
Gabriele Ribeiro, Larissa Almeida, Luisa da Silva, Maria Eduarda de Barros, Rafaela Quaiato

Grupo  dá pena...de não ver
(PARTICIPOU DO 21º FESTIVAL DE ESQUETES TEATRAIS DE NOVO HAMBURGO)
- Tramas do Destino
Ana Cristina Costa, Andressa Gouvea, Augusto Pagliarini, Claudia Carvalho, Deise Hennicka, Elisa Ponciano, Greisse Fávaro, Jane Kelli Mazzonetto, Matheus Ferreira, Ricardo Eiles, Ricardo Meira, Suzane Cardoso, Willian Ouriques.




Participantes do Projeto Teatro para Todos
Grupo Miniatores
Grupo Amadores do Palco
Grupo Dá Pena...de não ver
Ajudantes do Grupo Lumus do PIIS



segunda-feira, 25 de junho de 2012

Parabéns aos grupos BAH!, Lumus e Dá pena... de não ver, pelos excelentes resultados conquistados no 21º Festival Estadual de Esquetes Teatrais de Novo Hamburgo!!!!!

Direção: Michele Darolt


Cartaz Grupo Bah!


------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cartaz Grupo Lumus


------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cartaz Grupo Dá Pena... de não ver!


------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Arte dos Cartazes: Rodrigo Eiles






segunda-feira, 18 de junho de 2012

Matéria no site da Prefeitura de Esteio

Acesse o link para ver a matéria publicada no site da prefeitura municipal de Esteio
http://www.esteio.rs.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2171:grupos-teatrais-de-esteio-recebem-premiacoes-em-festival-de-novo-hamburgo&catid=40:cultura&Itemid=215

Esteio fez bonito no 21º Festival de Esquetes Teatrais de Novo Hamburgo

Aconteceu de 12 a 17 de junho o tradicional Festival de Esquetes Teatrais de Novo Hamburgo. Três grupos de Esteio participaram do evento e conquistaram prêmios e indicações além de reconhecimento.
O Grupo Lumus do Programa Integrado de Inclusão Social apresentou a esquete "Escolhas" que trata sobre gravidez na adolescência, abuso sexual e aborto.
O Grupo Dá Pena de Não Ver apresentou "Tramas do Destino" uma novela que tem muito amor, mistério e suspense.
Já o Grupo Municipal de Teatro Bah! apresentou "Área C - Não somos números" livremente inspirada na peça "Zona Contaminada" de Caio Fernando Abreu, que mostra os sobreviventes de uma contaminação que arrasou com a raça humana.
O público e os jurados se surpreenderam com a diversidade de temas e estilos apresentados o que garantiu um destaque especial no festival.
E o resultado foi o seguinte:



Grupo Lumus do PIIS com “Escolhas”na categoria estudantil/escolas, recebeu as seguintes indicações:
-Melhor Texto inédito (ganhou)
-Melhor Ator coadjuvante para 
Thailor Cezar e Lucas Breitenbach
-Melhor Direção – Michele Darolt
-Melhor Espetáculo

Grupo Dá Pena... De não ver
com “Tramas do Destino” na categoria amador/oficinas, recebeu as seguintes indicações:
-Melhor Texto inédito
-Melhor Ator coadjuvante para 
Augusto Pagliarini
-Melhor Atriz para 
Suzane Cardoso
-Melhor Ator para 
Ricardo Eiles
-Melhor Direção para Michele
Darolt

Grupo Municipal de Teatro
Bah! com  "Àrea C - Não somos números"na categoria amador/oficinas, recebeu as seguinte indicações:
-Melhor Maquiagem (ganhou)
-Melhor Cenário (ganhou)
 Melhor Figurino
-Melhor Iluminação para 
Rodrigo Eiles
-Melhor Ator coadjuvante para Dener Augusto Machado (ganhou)
-Melhor Direção para Michele
Darolt
-Melhor Espetáculo

E Prêmio Especial do Júri em Pesquisa de Linguagens pelo Conjunto da Obra para Michele Darolt.


Parabéns à todos os grupos. E agora é se preparara para os próximos festivais.

"Escolhas" - Grupo Lumus PIIS

"Trama do Destino" - Grupo Dá Pena...de não ver!

"Área C - Não somos números" - Grupo Bah!

Grupos no dia da apresentação

Grupos na noite de premiação

Julia Ferreira, Dener Augusto e Michele Darolt com os premiados da noite.




segunda-feira, 21 de maio de 2012

Grupo Bah! apresenta Edifício Chateau Margaux

Nos dias 09 e 19 de maio o Grupo MUNICIPAL  de Teatro Bah! apresentou no auditório da Casa de Cultura o espetáculo "Edifício Chateau Margaux" com o qual participou dos Festivais de Novo Hamburgo e São Leopoldo no ano de 2011. 
Foi uma grata surpresa ver o público aplaudindo ao final de cada cena e valorizando o trabalho do grupo. No dia 09 tivemos a presença das escolas municipais Maria Lygia, Eva Karnal, Oswaldo Aranha e Santo Inácio.
Para quem ainda não viu ou gostaria de ver novamente o grupo apresentará  o espetáculo no dia 02 de junho.

Inspirado em Contos de Luís Fernando Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade, Rubem Braga e Moacyr Scliar, o espetáculo conta a história de um edifício um tanto quanto pitoresco onde, em cada apartamento, apesar de seus moradores viverem diferentes situações, acabam sendo unidos por algo: um misterioso assassinato nas margens esburacadas e fétidas do imundo lago, que corre ao lado do edifício, em cujos arredores, aliás, falta água há vários meses, isso sem falar nas frequentes mortandades de peixes, já famosas. Enfim! É mais ou menos este o dia a dia dos moradores deste edifício. Venha conhecê-lo!

Ficha Técnica:
Dener Augusto Machado - Braga
Fanael Gonçalves - Genérico
Gabriel Botelho - Anzol
Matheus Terres - Osni
Julia Ferreira - Amélia
Tainá Ferro - Gal
Claudia Carvalho - Neosaldina
Samanta Della Passe - Maria Alice
Djenet Rodrigues - Odete


Direção/Iluminação: Michele Darolt
Sonoplastia: Lucas Fofonka

domingo, 1 de abril de 2012

Planeta Ziclit - Zóclit

         Espetáculo de Teatro de Animação com criação e direção de Michele Darolt que trata sobre a violência entre as crianças e valoriza a importância de brincar.
         Esse planeta ao longo do tempo foi perdendo a graça, ele que era tão colorido, foi ficando acinzentado, por causa da energia liberada pelas crianças que só brigavam. Até que um dia um visitante inesperado mudou tudo.
         O espetáculo faz parte dos Microprojetos do Território de Paz de Esteio, e foi um maravilhoso desafio.
         Falar sobre a violência não é nada fácil, por isso utilizar os bonecos foi uma maneira interessante para chamar a atenção das crianças, que muitas vezes brincam de "brigar", se agridem, se machucam e não se dão conta de quanto isso é prejudicial.
         Resgatar o prazer de brincar é muito importante para o desenvolvimento das crianças, e hoje em dia com o advento dos jogos eletrônicos as crianças perderam o contato físico com outras crianças e com brincadeiras tradicionais como pega-pega, esconde-esconde, bolita, soltar pipa, amarelinha, jogar taco, pular corda, enfim essas brincadeiras maravilhosas que fizeram parte da infância de várias pessoas.
         A peça "Planeta Ziclit-Zóclit" chama a atenção em relação a isso, afinal brincar só faz bem, para qualquer idade. Então, bora lá, brincar gente.

Claudia Carvalho como Jurimeu e Formufos
Pietra Marques como Tristufos


Julia Carolina como Bulhufos

Samanta Della Passe como Enrubesceu
Dener Augusto como Astolfozigótico


Julia Carolina como Assombrozigótico
Michele Darolt como Júnior





Ficha Técnica:
Proponente: Graça Gomes
Confecção de bonecos e cenário: Carmem Santiago
Criação, roteiro, texto e direção: Michele Darolt
Músicas: O grupo
Elenco: Claudia Carvalho, Dener Augusto, Julia Carolina, Michele Darolt, Samanta Della Passe e Pietra Marques.